First level navigation Menu

Connectivity Connundrum

A tecnologia que nos capacita também drena nossa produtividade

"Icon-inset-articles Ricoh"
 

A queda na produtividade é culpa da tecnologia?

O verão chegou ao fim. De volta à escola e de volta ao trabalho, certo? Bem, vamos com calma. A produtividade da força de trabalho pode não ser tão alta quanto você pensa. Os funcionários precisam estar conectados a recursos eletrônicos no trabalho de modo que possam criar, usar e compartilhar informações, mas estão apenas a um clique de distrações sedutoras como e-mail pessoal, Facebook, Twitter e Tumblr. Este “dilema da conectividade” é o tema de uma pesquisa recente, que chegou a estas conclusões:

 

  • Três em cada quatro trabalhadores (76%) verificam o e-mail pessoal.
  • Três em cada cinco (61%) recebem chamadas pessoais.
  • Dois em cada três (67%) enviam mensagens eletrônicas utilizando um telefone celular no mínimo uma vez por semana durante o trabalho.
  • Aproximadamente um em cada três funcionários (35%) posta em suas contas de mídia social e até mesmo brinca com jogos (34%) toda semana.
Estes são os resultados de uma pesquisa online que foi realizada nos Estados Unidos por Harris Poll em nome da Ricoh de 1 a 5 de Agosto de 2014, entre 2.014 adultos de 18 anos ou mais, dos quais 1.034 são funcionários em tempo integral, parcial ou autônomos.
 

Reconheça o dilema

Definir e medir metas. Se os funcionários atingirem seus objetivos dentro do prazo esperado, pode não importar como eles alocam seu tempo.


Você trabalhou duro para conquistar a mobilidade da informação – o que significa que a informação de que os funcionários precisam para realizar seus trabalhos pode ser acessada instantaneamente a qualquer hora e em qualquer lugar onde seja necessária. Distrações podem minar a mobilidade da informação, que é vital para o seu sucesso – portanto, esteja atento. Todas as gerações cedem a distrações, mas os funcionários de 18 a 34 anos são quase duas vezes mais propensos a postar em contas de mídia social do que aqueles de 35 a 64 anos (49% versus 28%, respectivamente) e a brincar com jogos (50% versus 25%, respectivamente) ao menos uma vez por semana.

 

Espere um limite flexível na vida profissional

No passado, havia uma linha clara entre as atividades que envolviam e as que não envolviam trabalho. Agora, contudo, ela não é tão clara. Quando ambos os pais estão trabalhando, muitas vezes não têm escolha a não ser marcar consultas médicas ou conversar com os professores entre 8:00 e 17:00. Em outros casos, os trabalhadores podem ceder a distrações só por ser fácil ou por ser um modo de reequilibrar e contrabalançar o trabalho realizado após horas a fio. Por exemplo, se o seu especialista de RH passa o final de semana colaborando em um projeto, não é razoável que ele ou ela receba um telefonema de um amigo ou membro da família enquanto trabalha? Alternativamente, os funcionários podem encarar as distrações como um meio de recarregar suas baterias mentais ao longo do dia. Às vezes, mudar o ritmo é uma coisa boa.

 

Tome medidas práticas para lidar com o dilema da conectividade

Essas dicas podem ajudá-lo a combater as distrações relacionadas à tecnologia no local de trabalho:


  • Aceite que elas estão acontecendo e converse com os seus funcionários sobre as distrações e os desafios de permanecerem focados.
  • Estabeleça as expectativas sobre as atividades que seus funcionários devem realizar na maior parte de um dia de trabalho e pelas quais são remunerados.
  • Defina e mensure as metas. Se os funcionários atingirem suas metas dentro do prazo esperado, o modo como alocam seu tempo podem não importar tanto.
  • Fique de olho na situação. É possível monitorar os funcionários, utilizando ferramentas digitais via teclado de computador. Às vezes a confiança precisa ser verificada.
  • Invista em cultura no trabalho. Torne o seu ambiente de trabalho divertido e tão atraente (ou mais atraente) quanto as distrações e menos pessoas tenderão a ceder à tentação.
 
Cookie Policy

Ricoh uses data collection tools such as cookies to provide you with a better experience when using this site.
You can learn how to change these settings and get more information about cookies here.